Coisas que eu aprendi andando de Uber ou Perdendo o medo de falar do meu trabalho

Eu uso o Uber muito mais do que eu deveria. Tenho a sorte e a maldição de morar em uma região mais ou menos central, onde eu consigo pagar mais ou menos 10 reais para ir pra qualquer lugar e é aquilo, você pede 10 corridas de 10 reais e no fim do mês se espanta com como aquilo se transformou em 100 reais. Andar de carro com motoristas randomicamente selecionados que eu nunca mais vou ver na vida me dá muitas oportunidades de interpretar papéis diferentes. Você já mentiu sua profissão quando o motorista te pergunta com o que você trabalha só pra se sentir mais descolado? Você já inventou alguma história que nunca aconteceu só pela emoção de poder ser uma pessoa diferente por dez minutos? Me diga que já fez isso e que isso é completamente normal, porque eu já passei uma viagem inteira da minha casa até a Faria Lima contando uma história imensa e detalhada sobre a primeira vez que eu pulei de pára-quedas e isso nunca aconteceu!!!!

Você já fez isso, né? Me dê um pouco de VALIDAÇÃO aqui, por favor.

Leia mais

Um lugar para escrever sobre coisas no geral

Uma das maiores certezas que eu tenho sobre mim mesmo e que, de certa forma, me trouxeram para o ponto da vida onde eu estou hoje é que eu sempre gostei da sensação de saber que outras pessoas lêem as coisas que eu escrevo. Esse exercício de auto-conhecimento começou na semana passada quando, do nada, me deu saudade de ter um blog. Obviamente eu tuitei sobre isso imediatamente porque é assim que eu funciono.

A ideia de recomeçar um blog do zero sem um plano editorial e movido 100% pela vontade de dizer coisas ficou martelando a minha cabeça por dias, e eu tive tempo de sobra para revisitar todos os meus blogs antigos e relembrar como cada post que eu já escrevi me levavam imediatamente para aquele momento da vida, e me enchiam de um orgulho bobo que começava no “olha só como eu evoluí como ser humano!!!” e teminava no “olha como o Vitor de 17 anos já escrevia direitinho!!!!”. Então aqui estou eu, começando mais um projeto que vai me demandar tempo (que eu não tenho) e disposto a falar sobre a minha relação com blogs (e com a internet no geral).

Leia mais