Diário de Escrita #2 – Planejamento

Oi amigos! Para o diário de escrita de hoje eu tinha preparado uma lista com as principais crises e inseguranças que eu tenho vivido desde que comecei a escrever o livro. No fim das contas, fui reler o texto e não consegui chegar até o film porque eram 1500 palavras de “eu chorando”, e tenho certeza que vocês não vão querer ler aquilo.

tumblr_o3fl95dhd51u8mykho1_500

Deletei o rascunho e estou pronto para começar a falar sobre o meu planejamento. Tudo que eu preparei antes de sentar e começar a escrever de fato.

(Esses dias me dei conta de que vai ser muito difícil falar sobre o processo de escrita aqui no blog sem deixar escapar uma dica ou outra do que está acontecendo na minha história. Quem acompanhar meus textos por aqui vai ficar sabendo de algumas coisinhas antes de todo mundo, o que, pra ser sincero, não é lá uma grande vantagem.)

A história que eu precisava escrever já estava toda pronta na minha cabeça. Eu não tive dificuldades para pensar no que iria acontecer porque eu já tinha começo, meio e fim bem definidos. Eu não sei dizer como a ideia para o livro surgiu porque, de certa forma, ela sempre esteve lá.

Pesquisei bastante antes de começar a escrever porque queria saber como funcionava o processo criativo de outros autores e a grande verdade é: cada um faz de um jeito. Vi que tem gente que planeja capítulo a capítulo, outros pensam primeiro nas cenas e depois dividem os capítulos, outros abrem um documento em branco e simplesmente escrevem.

Claro que existem as regras gramaticais, estruturas de história, elementos de narrativa e mais um monte de teoria por trás da escrita. Numa rápida pesquisa no Google você consegue encontrar listas e mais listas de livros que podem te ajudar a escrever melhor. Mas não existe nenhum truque de mágica que vai fazer você escrever o seu melhor logo de primeira. E foi com isso em mente que eu comecei a me planejar.

Muita gente cria fichas de personagens e de ambientes e eu entendo que isso pode ser muito útil na hora de escrever. Minha história tem poucos personagens e poucas lugares onde a ação acontece. A trama também não pede muita pesquisa porque a maioria dos temas que estou abordando são temas que eu já domino. Então, quando comecei, eu não tinha nenhuma dessas fichas (e não tenho até o presente momento, rs). O arquivo que eu criei logo de cara para me auxiliar na escrita se parece mais com um calendário. Esse arquivo eu uso todos os dias até hoje e não consigo sentar para escrever sem antes dar uma olhada nele.

tumblr_nvlveyi6yq1qeg5pho1_500

Minha história se passa em um período relativamente curto de tempo. Eu tenho alguns dias para trabalhar e eu preciso que X coisas aconteçam nesses dias. Então eu criei divisões com os dias numerados (Dia 1, Dia 2, Dia 3, etc) e em cada bloco desses eu tenho uma lista de tudo que precisa acontecer. Essa lista geralmente não é muito detalhada. São só palavras e frases curtas para que eu não esqueça tudo que tenho que inserir naquele dia.

Outra coisa que torna esse calendário indispensável para a minha escrita é que ele sempre me lembra em qual dia da semana estou. Meus personagens (assim como qualquer pessoa) se comportam de maneira diferente num sábado em comparação com uma quarta-feira. Em muitos livros o dia da semana em que a ação está acontecendo não faz a menor diferença, mas na minha história essa informação é importante tanto para mim como para o leitor.

Meu calendário da história é atualizado quase todos os dias. Tem horas que estou no ônibus e penso em um diálogo interessante, ou em uma situação inusitada. Abro o arquivo no celular mesmo e já anoto a ideia ali para não esquecer mais tarde. Se a ideia se aplica em um capítulo que já está escrito, eu coloco ela no calendário com uma cor diferente para lembrar de inserir (ou não) na segunda versão.

E assim eu sigo escrevendo meu primeiro rascunho. No momento em que escrevo esse post eu já tenho 40% do primeiro rascunho completamente escrito. Essa primeira versão é quando eu escrevo sem pensar muito. Eu chego do trabalho, abro o computador, confiro no calendário o que precisa acontecer naquela cena e escrevo sem olhar para trás.

tumblr_n9vh32q4td1qgnpb1o1_500

E o meu planejamento é basicamente assim. Coisa simples. Como eu disse, essa é uma forma de organização bem específica, que acabou funcionando muito bem para mim. Eu não tenho páginas e páginas com pesquisa, dados de personagem etc, mas tenho meu calendário que me diz tudo que eu ainda preciso escrever. Em histórias que acontecem num período de um ano, por exemplo, não faz sentido ter um dia-a-dia detalhado. Mas, no meu caso, essa forma de organização foi o que me ajudou a criar o ritmo do livro.

Como eu disse, eu procurei dicas e métodos em muitos livros, blogs e vídeos de outros autores. Aprendi dicas muito úteis porque a gente sempre aprende quando ouve sobre a jornada do outro. Mas meu planejamento só funcionou quando eu decidi colocar as coisas no papel da maneira que a minha história pedia.

Sabe quando o seu quarto está uma zona mas ainda assim você consegue encontrar tudo lá dentro, mas se alguém chega e arruma tudo você não consegue mais achar suas coisas por mais que o quarto esteja “arrumado”. Se preparar para escrever é basicamente isso. Existe a organização que é comum para todos, mas existe aquela maneira que só você entende e funciona 100% para você.

Obrigado por ter lido até aqui! Se você tem alguma dúvida ou sugestão para próximos posts, só deixar aqui nos comentários, ok? Beijão e até a próxima!

3 comentários em “Diário de Escrita #2 – Planejamento

  1. Pingback: Diário de Escrita #3 – Minha rotina – Vitor Martins

  2. Sibelle Lobo

    Vitooor! Adorei seu diário de escrita e a forma como se planejou! Meu planejamento é completamente diferente, mas no próximo livro quero testar algo mais parecido com o seu, só que com os meses (que é a forma como a J.K.Rowling planejava Harry Potter), acho que pode me ajudar a visualizar melhor a história do que a maneira que eu faço atualmente que é cena/cena.

    Curtir

  3. sibellelobog

    Vitoooor! Amei seu diário! Você planeja completamente diferente de mim e eu adorei saber que mais alguém usa esse método do tempo, porque eu quero testá-lo no meu próximo livro. Acho que vou conseguir visualizar melhor a história. Muito ansiosa para acompanhar ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s