Diário de Escrita #16 – O segundo é mais difícil mesmo

Oi amigos! Eu me sinto extremamente desapontado comigo mesmo por ter passado por quase todo o processo de escrita de Piratas gays sem registrar os detalhes aqui. Fiquei adiando e adiando minhas postagens e toda vez que eu pensava em escrever aqui eu desistia porque tudo que saía de mim era AAAAAAAAAAAAAAARRRGHHGAAAAAAAA e acho que poucas pessoas estariam dispostas a ler sobre isso.

Mas o negócio é que eu terminei de escrever o livro. Foi doloroso na maior parte do tempo mas a história saiu.

Existe toda aquela coisa da síndrome do segundo livro e eu posso garantir que passei por todas as etapas.

A empolgação de começar um livro novo ✅
O medo de ser muito diferente do primeiro ✅
O medo de ser muito igual ao primeiro ✅
Não saber lidar com as expectativas das pessoas ✅
Não saber lidar com as minhas próprias expectativas ✅
A vontade de apagar tudo e começar do zero ✅
Chorar às vezes ✅
Terminar e reler tudo achando uma bosta ✅
Reler mais uma vez e não achar tão ruim assim ✅

giphy1

Leia mais

Diário de escrita #15 – Dias difíceis

Eu acho que estou passando por um dos momentos mais complicados da minha (pequena) carreira de autor. Piratas gays está me ensinando muita coisa a respeito de como eu funciono como escritor, me mostrando algumas fraquezas que eu não havia encontrado durante a escrita de Quinze dias e me apresentando desafios que eu ainda não sei direito como completar.

Nos últimos meses estou me esforçando bastante para escrever todos os dias e o livro está ganhando forma. Eu gosto da história, gosto dos personagens e tenho meu outline todo pronto. Mas tem dias que nada vai para frente, sabe? Isso pode ter relação com um monte de coisas. Dramas da vida pessoal, inseguranças ao lidar com as expectativas, surpresas que aparecem no meio do caminho. Tem momentos em que eu me sinto em um furacão maluco de emoções porque em um único dia eu consigo amar e odiar meu livro. Eu escrevo uma cena incrível e duas horas depois fico me questionando se ela não está boba demais. Eu escrevo uma passagem de cena qualquer e, quando releio, descubro que foram as melhores três frases que escrevi em uma semana inteira.

giphy

Leia mais

Diário de Escrita #10 – TERMINEI O LIVRO! ou A importância de um editor

Olá amigos, trago boas notícias.
Sem fazer muito suspense, o negócio é o seguinte: TERMINEI DE ESCREVER O LIVRO!!!!

giphy1

Depois de uma longa jornada de quase um ano escrevendo, ontem eu coloquei o último ponto final da história. Escrevi o último parágrafo. Coloquei no papel a última frase (que eu já sabia qual seria desde o começo disso tudo).

Foi um momento importante para mim mas fui pego de surpresa quando não me vi pulando de felicidade. Não rolou aquele momento de enfiar a cara no travesseiro e chorar de alegria. Diferente de tudo que eu imaginei, esse não foi o momento mais incrível de todos os tempos.

Leia mais

Diário de Escrita #7 – Colocando tudo em ordem

Se você está acompanhando os posts do meu diário de escrita, talvez você se lembre que terminei meu último post cheio de sonhos e promessas. Disse que estava num momento importante da história, comentei sobre uma cena que estava prestes a acontecer e isso estava me matando de ansiedade.

Trago notícias: A cena não aconteceu.

tumblr_nin48eiliv1tnyky2o1_400

Na verdade, aconteceu. Mas não do jeito que eu esperava. É difícil explicar sem dar spoilers mas, basicamente, o que a minha mente queria para a história, meu coração se recusou a escrever (que cafona, rs).

Leia mais

Diário de Escrita #6 – Atrasado e desesperado

Depois de algumas semanas sem atualizar meu diário de escrita, ESTOU DE VOLTA!

tumblr_nc5lqinf6l1t5c6u6o1_500

Passei 5 posts aqui nesse blog me gabando por estar em dia com meu cronograma, mas hoje venho dizer que estou atrasadíssimo. Os motivos do meu atraso são muitos. Trabalhando até mais tarde, gravando para a ação da Amazon que rolou para a #BookFriday e me preparando para a Bienal do Livro (FOI MARAVILHOSA! OBRIGADO A TODOS QUE VIERAM ME DAR UM OI, UM BEIJO E UM ABRAÇO!)

Mas, acima de tudo, o que me fez empacar na escrita foi o seguinte: Cheguei no capítulo mais importante da história.

Leia mais

Diário de Escrita #4 – À espera de um milagre

Olá amigos! Vou começar o diário de escrita de hoje jogando a verdade: Essa semana foi DOIDA. Geralmente a minha rotina de escrita é diretamente influenciada pelo meu humor e pelo que está acontecendo nos outros campos da minha vida. Se a vida tá bem eu escrevo bem, se a vida tá ruim eu não escrevo nada.

Mas nessa última semana foi tudo diferente. A vida tá boa. Coisas legais acontecendo, notícias boas chegando por e-mail, a mãe da May tirou tarô pra mim e foi um sucesso. Mas na hora de sentar e escrever foi tudo um desastre nos últimos dias. Fiquei um tempão preso na mesma cena. Escrevi diálogos bem ruins. Tive uma breve crise por não conhecer a alma dos meus personagens. Basicamente eu passei cinco dias odiando qualquer coisa que eu escrevia.

tumblr_o701yootc81tq4of6o1_500

Ontem foi o último dia para que eu concluísse o capítulo dessa semana dentro do prazo que estabeleci. Então, como não tinha para onde correr, sentei e escrevi, escrevi, escrevi. Até ficar exausto. Até ficar razoavelmente satisfeito. No fim das contas deu certo, cumpri meu prazo direitinho e estou pronto para começar o capítulo seguinte.

Leia mais