Diário de Escrita #12 – Falta tão pouco que eu não consigo parar de pensar no livro por um segundo sequer (literalmente)

O POST DE HOJE PODERIA SER TODO ESCRITO EM CAPS LOCK PORQUE EU ESTOU BASTANTE EMPOLGADO, MAS VOU POUPAR VOCÊS DISSO E TENTAR ME EXPRESSAR DE MANEIRA NORMAL.

E por motivos óbvios (Logan) esse post será inteiramente ilustrado com
✨ GIFS DO HUGH JACKMAN ✨

Bem, falta muito pouco. O lançamento do livro está previsto para Junho e os próximos três meses serão uma correria sem fim. Desde a minha última aparição por aqui muita coisa foi resolvida e hoje eu decidi colocar vocês a par de como anda o processo da publicação. VAMOS LÁ???!?!

giphy1

Leia mais

Diário de Escrita #11 – Revisão: a melhor parte!

Seria muita cara de pau minha aparecer nesse blog no dia 10 DE FEVEREIRO e desejar feliz ano novo? Por via das dúvidas: FELIZ ANO NOVO!

giphy5

2017 começou bem intenso! Estou desde de dezembro revisando o livro e agora estou quase no finalzinho desse processo. Meu prazo final para entregar o texto revisado, prontinho, finalizadíssimo era hoje. Mas vocês acham que eu consegui terminar de revisar hoje?

giphy2

Maaaas, a boa notícia é que na SEGUNDA-FEIRA (daqui a 3 dias) eu consigo entregar meu texto! E isso quer dizer que ESTÁ MUITO PERTO! Escrever esse livro tem sido uma jornada incrível que começou mais ou menos a um ano atrás. E passar um ano inteiro vivendo na cabeça de Felipe (que, aliás, é o nome do meu protagonista conforme eu anunciei no Twitter, no Youtube e em qualquer outro lugar menos aqui no diário de escrita, rs) tem sido uma experiência muito legal mas eu mal vejo a hora de mandar Felipe pro mundo!

Leia mais

Diário de Escrita #10 – TERMINEI O LIVRO! ou A importância de um editor

Olá amigos, trago boas notícias.
Sem fazer muito suspense, o negócio é o seguinte: TERMINEI DE ESCREVER O LIVRO!!!!

giphy1

Depois de uma longa jornada de quase um ano escrevendo, ontem eu coloquei o último ponto final da história. Escrevi o último parágrafo. Coloquei no papel a última frase (que eu já sabia qual seria desde o começo disso tudo).

Foi um momento importante para mim mas fui pego de surpresa quando não me vi pulando de felicidade. Não rolou aquele momento de enfiar a cara no travesseiro e chorar de alegria. Diferente de tudo que eu imaginei, esse não foi o momento mais incrível de todos os tempos.

Leia mais