Diário de Escrita #16 – O segundo é mais difícil mesmo

Oi amigos! Eu me sinto extremamente desapontado comigo mesmo por ter passado por quase todo o processo de escrita de Piratas gays sem registrar os detalhes aqui. Fiquei adiando e adiando minhas postagens e toda vez que eu pensava em escrever aqui eu desistia porque tudo que saía de mim era AAAAAAAAAAAAAAARRRGHHGAAAAAAAA e acho que poucas pessoas estariam dispostas a ler sobre isso.

Mas o negócio é que eu terminei de escrever o livro. Foi doloroso na maior parte do tempo mas a história saiu.

Existe toda aquela coisa da síndrome do segundo livro e eu posso garantir que passei por todas as etapas.

A empolgação de começar um livro novo ✅
O medo de ser muito diferente do primeiro ✅
O medo de ser muito igual ao primeiro ✅
Não saber lidar com as expectativas das pessoas ✅
Não saber lidar com as minhas próprias expectativas ✅
A vontade de apagar tudo e começar do zero ✅
Chorar às vezes ✅
Terminar e reler tudo achando uma bosta ✅
Reler mais uma vez e não achar tão ruim assim ✅

giphy1

Leia mais